Você está satisfeito com a cidade onde mora? Ela oferece boas condições de mobilidade e  lazer? A prefeitura realiza o trabalho de zeladoria de forma eficiente? Sabemos que toda cidade tem seus problemas, principalmente as grandes metrópoles, mas a solução mais escolhida acaba sendo calar e deixar as coisas acontecerem. Muitos apenas reclamam nas redes sociais e pronto. Acham que fizeram sua parte.

Sim, votar conscientemente é parte da solução, mas cobrar e propor soluções também. Hoje, a tecnologia é uma forma viável de se engajar e lutar por uma sociedade melhor, por uma cidade mais confortável e democrática. Não só porque é possível publicar nas redes sociais, mas principalmente por facilitar a divulgação de debates e abrir portas para um diálogo, além de aproximar cidadão e governo. Assim, separamos neste post algumas sugestões de como você pode ajudar a construir uma sociedade melhor com simples atitudes. Quer saber mais sobre como ajudar? Como contribuir para melhorias coletivas? Então confira o que preparamos pra você.

Seja um cidadão ativo

A solução mais fácil é se acomodar, reclamar, voltar para casa e assumir uma postura apolítica – o que contraria a tese de Aristóteles, de que “somos, por natureza, um animal político”. A saída é ser ativo, não achar que está tudo bem e que os problemas já fazem parte da paisagem. Participe de reuniões da comunidade, veja o que as subprefeituras estão fazendo, procure os representantes da população nos órgãos oficiais, denuncie nos perfis das instituições nas redes sociais. O caminho é longo, mas ele só ficará mais fácil de ser ultrapassado a partir do momento em que você começar a percorrê-lo.

Manifeste-se por causas que atendem à maioria

Pense no que é melhor para a sociedade. Propostas de ações para benefício coletivo são sempre mais viáveis e tomam maior força por essa maioria que se identifica à causa. Propostas que são colocadas em votação ou sugeridas e suportadas pelo coletivo, pode trazer melhorias significativas no local implantado. Lembre-se que ser individualista na solução de questões pode ser um atraso, já que todos também têm questões particulares que querem ver resolvidas.

Utilize os canais à disposição

Hoje, existem dezenas de canais para se manifestar. As várias redes sociais devem ser usadas de forma consciente, em conjunto, para chamar a atenção, primeiro da sua comunidade, depois das autoridades. Aplicativos também servem como plataforma de comunicação e de manifestação. Programas que avisam sobre o trânsito, que relatam problemas locais, que intermedeiam a relação entre cidadão e governo estão à disposição. Não dá para dizer, atualmente, que não é possível se manifestar e procurar diálogo com os governos.

Agrupe-se

Sozinha, a voz tem alcance curto. Mas em grupos fica mais fácil ser ouvida. Então, encontre amigos, amigos de amigos, promova as reinvindicações, faça campanha nas redes sociais, divulgue os canais de comunicação. O agrupamento amplia a voz e dá autoridade ao protesto.

Ofereça soluções

Criticar é fácil. Sugerir soluções para os problemas relatados é um salto de qualidade na manifestação. Não importa qual seja a reivindicação, de banco quebrado numa praça a uma mudança de mão na rua, da placa que caiu à criação de um parque, o engajamento social passa por apresentar propostas, por ajudar na solução dos problemas.

Seu grupo pode pedir ajuda a especialistas para criar um plano de soluções, de forma a qualificar não só a reinvindicação, mas principalmente a proposta. E você? O que faz para melhorar a sociedade? Tem ou participa de algum projeto para melhorias coletivas? Deixe seu comentário contando pra gente!